A inversão da mala.

20171104_063936.jpg

Viajar é sempre uma experiência única, que pode ser transformadora, desde que estejamos abertos a priorizar a alma ao invés da mala. Particularmente, sempre tive muitos problemas com malas, haja vista que no ímpeto de nada esquecer, acabava sempre carregando muito mais que o necessário. Fato que, em última análise, dificultava alguns trajetos, despendia tempo e gerava preocupações desnecessárias.

Toda viagem, curta ou longa, rápida ou demorada, carrega em si inúmeras lições de vida, cabe a nós estarmos atentos e preparados para aprendermos cada lição. A primeira lição começa pela mala. Nós definitivamente não precisamos carregar tanta bagagem, tantos pertences, tantos perrengues, nem na mala, muito menos na alma.

Minha última viagem, em última instância, pode ser intitulada como: menos é mais! Menos bagagem, mais tempo! Menos peso, mais leveza! Menos mala, mais alma! Ah, a mala…quando invertida revela a alma!

Priscila Lima

4 comentários sobre “A inversão da mala.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s